sábado, 8 de setembro de 2012

Se 2+2 não são 5...


... como se explica que, querendo fazer bons encaixes financeiros no futuro, só se tenham percentagens mínimas dos nossos melhores e mais promissores jogadores?

2 comentários:

MaximinoMartins disse...

Pois é a pergunta tem a sua razão de ser...

Mas parece que...perante a inexistencia de dinheiro, o Sporting ou jogava com os jogadores criados na Academia...
Ou tentava arranjar uma equipa que possa dar algumas garantias futuras...

Hipotecando à partida os próprios passes...

Esperemos que possam agora valorizar-se...e entretanto tenhamos dinheiro no futuro para os relançar como valores próprios...

Leo disse...

Creio, por um lado, que a ideia é essa, embora não seja do meu agrado total.
Como diz o outro: "é o que se arranja..."