segunda-feira, 26 de janeiro de 2015

Pensamento do dia


Iniciar os jogos (em casa principalmente) com equipas cujo o objetivo é pura e simplesmente aguentar o zero zero, com João Mário, Adrien Silva e William Carvalho é um tremendo desperdício.
Já por diversas vezes foi possível comprovar que o Sporting só com dois “médios centro” rende muito mais e marca muito mais golos com Tanaka e Montero na frente. Se Marco Silva achar que Tanaka não está pronto: Montero e Mané mas alguém tem de jogar com o Montero.
Na minha opinião é um crime fazer o que se fez ao Montero ontem. Não merece aquilo. Mais me custa ainda de ver que os adeptos (nós ? ) não percebemos que a culpa não é dele de não ganhar bolas ou etc mas sim do esquema (desapropriado ) em que esteve inserido.

Montero não é um Slimani nem nunca será.

domingo, 25 de janeiro de 2015

Foi preciso entrar Tanaka


Foi apenas na entrada para o último quarto de hora que o golo do Sporting surgiu, depois de 75 minutos com muita bola, mas poucas oportunidades. Haveria de ser o japonês do costume a estar envolvido no golo de João Mário, numa clara demonstração de que à equipa faltava a tal presença na área.
Jogo foi muito complicado para nós, que tivemos muitas dificuldades para derrubar uma Académica apenas interessada em defender, o que fez bem durante 75 minutos. O golo de João Mário, depois de defesa incompleta de Lee a cabeceamento de Tanaka, seria fundamental para um triunfo que, a partir daí, não mais foi ameaçado. Vitória justa para a única equipa que quis ganhar. Quanto à Académica, foi incapaz de responder quando assim se exigia, ficando condenada a um desaire que a atira para zona de despromoção e bem o merece; o seu futebol é paupérrimo para uma equipa com a sua história.

Sportinguistas - Queria destacar aqui a presença de muitos leões nesta bela tarde de futebol. Num excelente ambiente, numa tarde solarenga em pleno Janeiro, 37 769 espectadores fizeram-se ouvir a alto e bom som.

William Carvalho - Foi o homem com a exibição mais sólida, coroada com o cruzamento que dá origem ao golo decisivo. Explorou os passes verticais dentro do possível, e tentou incutir velocidade às mudanças de flanco, funcionando como pêndulo da equipa.

João Mário - Para além do golo decisivo fruto do seu posicionamento oportuno, foi o rapaz que mais procurou levar o jogo para a frente. Esteve bem melhor que Adrien nesse capitulo.

Tanaka - Não marcou, mas voltou a ser influente, com a cabeçada que obriga Lee a defesa apertada, proporcionando-se depois a recarga de João Mário.

quinta-feira, 22 de janeiro de 2015

Ewerton substitui Maurício


Ewerton, central brasileiro de 25 anos que já representou o SC Braga, é reforço do Sporting, chegando a Alvalade por empréstimo do FK Anzhi com opção de compra por um milhão e meio de euros. A oficialização do negócio depende, apenas, dos exames médicos que o jogador tem que realizar.
Ewerton, que representa o FK Anzhi desde 2012, após ter estado duas temporadas no SC Braga é apenas conhecido mesmo por esses tempos ao serviço dos lampiões do norte. Foi o 9º jogador mais utilizado no Braga numa época em que terminaram em 3º lugar, logo á partida tem tudo para dar certo, pois já conhece o campeonato português. Ele chegou á Russia quando ainda lá estava Samuel Eto'o; o Anzhi tinha jogadores interessantes, desinvestiu e vendeu bons jogadores até a bons clubes russos. Não sei o que se passou, até porque não acompanho o futebol daqueles lados. Por agora parece-me bom negócio, no aspecto financeiro, pois se ele mostrar qualidade no final da época poderá ser pago com o dinheiro de Mauricio e ainda teremos lucro!

Primeira derrota do ano


E ao nono jogo o Sporting perdeu. Perdeu pela primeira vez no novo ano, no final de um jogo em que Marcelo Boeck sofreu o primeiro golo na Taça da Liga: e o segundo, e o terceiro.
Curiosamente até estivemos a ganhar por 2-0, e celebrou-se com golos uma entrada forte em jogo. Ryan Gauld, por duas vezes, colocou a equipa a festejar, no fim de duas jogadas de combinações pelo meio que são capazes de encantar até o mais imparcial dos adeptos.
A primeira parte foi excelente com qualidade na circulação de bola e algumas ocasiões de golo. Contudo na 2ª parte a qualidade exibicional caiu e o Belenenses aproveitou colocando em campo as estrelas da equipa. Abel Camará, na sequência de um lance precedido de falta sobre Rabia, depois Dálcio e novamente Camará, na conversão de uma grande penalidade, apontaram os três tentos dos da casa e garantiram a conquista dos 3 pontos.

Ryan Gauld - Só pelos dois golos que apontou já merecia a referência. Mas o internacional escocês mostrou bons pormenores, tanto na forma conduziu os ataques na primeira parte, como no modo como apareceu no sítio certo para finalizar a jogada do primeiro golo e como rematou de primeira após um excelente passe de Wallyson.

Wallyson - O médio brasileiro até nem começou bem, errando alguns passes de início, mas com o passar do tempo cresceu e mostrou-se. Por várias vezes serviu de «bombeiro» quando Rosell era ultrapassado e o passe para o segundo de Ryan Gauld é digno de ser visto e revisto.

quarta-feira, 21 de janeiro de 2015

Mauricio vai render 2.65M


O nosso Sporting oficializou, em comunicado divulgado no site oficial, a saída de Maurício para a Lazio. O central brasileiro sai agora por empréstimo, mas existe «obrigatoriedade de compra» por 2,650 milhões de euros, no final da época.

Maurício deixa-nos um ano e meio depois de ter sido contratado ao Sport Recife, por 450 mil euros. O central foi sempre titular, embora com rendimento claramente superior na primeira época, na qual fez dupla com Marcos Rojo. Limitado tecnicamente, claramente nunca teve qualidade para ser parte do onze titular de um candidato ao título,  mas vindo de um divisão inferior no Brasil, conseguiu impor-se e com muita garra e dedicação; fez também grandes jogos (as pessoas esquecem-se, mas sempre falavam que ele ia enterrar em jogos grandes e muitas vezes secou avançados do calibre de Jackson Martinez).

Indo a contas, foi uma valorização boa do brasileiro, rendendo 2.6 milhões, curiosamente o mesmo valor que Garay rendeu ao Benfica! E indo mais longe, ás vendas de Tiago Ilori, Dier, Rojo, Maurício (7.5+5+20+2.65) renderam 35M€ de vendas em centrais desde que Bruno de Carvalho foi eleito.