domingo, 11 de maio de 2014

Até para o ano!


Não foi da melhor forma que o nosso Sporting se despediu da época 2013/14 da 1.ª Liga. Com uma derrota caseira frente ao Estoril, por 1-0, um jogo típico de fim de temporada, e a equipa visitante a mostrar porque se apurou pelo segundo ano seguido para a Liga Europa.
O único golo da partida foi marcado muito cedo, logo aos 5 minutos, por Evandro, de grande penalidade, a castigar falta de Rojo sobre Bruno Lopes. O Sporting partiu em busca da igualdade e ainda na primeira parte desperdiçou uma ocasião soberana: Adrien, aos 18 minutos, falhou a concretização de outro penálti. O Estoril aguentou bem a pressão da equipa da casa e chegou ao intervalo em vantagem. Na segunda parte, intensificou-se a pressão da formação de Leonardo Jardim, que apostou tudo no ataque. Mas a falta de eficácia dos avançados e a disciplina tática da equipa de Marco Silva impediu que o marcador se alterasse. De nada valeram as investidas dos extremos.
A derrota não apaga a excelente época realizada pelo Sporting, muito acima das expetativas iniciais; antes comprova que no Estoril trabalha-se igualmente muito bem sob a batuta do treinador da moda.
Destaques:
Rojo - Num dos piores jogos da época, sobressaiu-se um dos melhores do ano. Fez um penalty é certo mas fez o que tinha a fazer perante um irrequieto Bruno Lopes. Foi ainda importante nas dobras aos companheiros e nos cortes por antecipação.
André Martins - Em tarde de pouca garra, o camisola 8 foi quem esteve mais inspirado. Sacou a grande penalidade que Adrien desperdiçaria, e pouco depois protagonizou o remate que mais exigiu de Vagner.
Diego Capel - O elemento ofensivo mais dinâmico e que viu a maioria dos seus cruzamentos ser mal aproveitados. Sempre de olhos na linha cumpriu o seu papel de flanqueador. Provavelmente o último jogo de leão ao peito.
Shikabala - Estreia no último encontro da época e a deixar água na boca para o futuro. Os adeptos entusiasmaram-se assim que foi chamado por Leonardo Jardim, e dedicaram-lhe uma forte ovação quando rendeu Capel. O egípcio mereceu depois aplausos numa bela jogada em que leva a bola da direita para o centro e noutros belos pormenores.
Carrillo - Um dos piores jogos de que há memória para o peruano. Evidenciou-se em dois momentos, mas pela negativa: primeiro com um «drible» que atirou a bola diretamente para fora, depois com um passe para Cédric também com força a mais. Na nossa opinião, é um elemento já descartável, quando nas fileiras temos ainda Iuri, Esgaio e Dramé.

1 comentário:

Anónimo disse...

PUTUGAL.....

The portugee economy is in the toilet, and droves of it's citizens are fleeing to neighboring Spain to work just to put food on the table! Those who don't go to Spain are swimming, or jumping on bannana boats to go to Angola or Mozambique just to sell their body for cod to feed their families. The slightly better off portugee are flying to Brasil to live in a favela that is much better than the poor, decrepid conditions they live in now; at least here they can eat.

The portugee are an ignorant bunch stuck in a mental time-warp that only focus on a national soccer team that has never won a single Euro or World Cup and "how" good things were in the distant past rather than focusing on their now deteriorated, non-existant economy, and how bad things really are today.

This is "why" they can't seem to see the log stuck in their eyes but see the splinters in everybody elses eyes. I do find it ironic that they are racist toward Spain, Angola, Mozambique and Brazil only to later go look for a better life in these countries!!



informacion do putugal?

http://pedromillan.blogsppot.com/

www.expoautos.com.mx


*portugal is a shit country! DO NOT VISIT PORTUGAL! Those people are anti-Spanish and Brazilian, Mozambican and Angolan Racists!