domingo, 11 de novembro de 2012

Assim sim!



Dois meses depois, finalmente o regresso ás vitórias, derrotando este domingo o Sporting de Braga por 1-0; recuperando terreno na luta por um lugar na Liga dos Campeões, estamos agora a sete pontos do terceiro lugar, e a 13 dos líderes. O feito foi alcançado com um golo madrugador do Ricky Van Wolfswinkel, logo aos 4 minutos. O avançado holandês foi assistido pelo jovem Eric Dier, da equipa B, que se estreou na 1.ª Liga.
Gostei sinceramente a espaços do Sporting com algumas jogadas bem delineadas e com um Carrillo e um Capel um pouco mais inspirados. Fiquei surpreendido com a aposta (ganha) no Eric Dier, que fez um bom jogo, sendo feliz na sua estreia como jogador do sénior do Sporting, passe para o golo e apanhando pela frente Hélder Barbosa, Alan e Mossoró tendo o nosso treinador a coragem de lançar um miúdo de 18 anos que com um amarelo em determinada altura, não perdeu a cabeça e fez um papel na sua posição bastante satisfatório. De resto um Pranjic prático e inteligente, Elias com pulmão, e Schaars suficiente, com um Xandão trapalhão e um Rojo verdinho na zona central da defesa, sem esquecer Insua a tentar ganhar forma. Receita suficiente para ganhar a um "grande" como o Sp. Braga com um golo oportuno e um Rui Patrício enorme.

Quanto ao jogo propriamente dito, qualquer uma das equipas podia ter marcado, e talvez o resultado mais justo fosse o empate. Mas tal o não quis Pedro Proença que nem cheguei a perceber o que viu ele (toque em Schaars?!?). 
E assim sim, queremos o nosso Sporting a mostrar futebol, a arrancar aplausos das bancadas, a saber sofrer e principalmente: saber ganhar!

4 comentários:

Anónimo disse...

O Sporting na 1ª parte podia estar a ganhar por 3 a 0. E sendo assim a 2ª parte nem história tinha. Foi uma vitória da Raça, da Luta e do Querer, mas justa. E o golo do braga bem invalidado. O presidente do braga que foi recebido, e muito bem, no Museu do Sporting para perceber o que é um Clube Grande. Dá a ideia que não percebeu, pois nas declarações que prestou deu a ideia que "força desportiva" é, nos últimos 3 ou 4 anos, ter ficado à frente, episodicamente, do Sporting (e até do Benfica)no Futebol profissional. Foi corrigido. Força desportiva tem o Sporting: 34 modalidades, 11 mil atletas, cerca de 100 mil sócios e cerca de 3 milhões de adeptos e SÓCIOS nos 5 Continentes. Parece que nenhum acagaçado jornaleiro teve a frontalidade (própria dos probos e frontais) de lhe perguntar como se atreve a comparar o braga com o Sporting Clube de Portugal? S. Leoninas.

Leo disse...

E depois veio esse senhor presidente de clube grande chorar para os jornalistas...
Estou de acordo consigo amigo anónimo

MaximinoMartins disse...

Para mim, o empate seria muito injusto para o que o nosso Sporting fez...

O golo anulado foi-o bem...
Que eu saiba não é permitido dar aqueles "toquezinhos" nas costas do adversário para lhe dificultar a acção...
Felizmente o Proença...desta vez apitou...!!

Fantástica aquela ideia de mostrar ao "presidentezinho do braga", o que é uma sala de troféus de uma equipa GRANDE...!!

Sporting Sempre disse...

Boas companheiro de blogosfera, a vitória é inteiramente justa, aliás foi um grande jogo entre duas boas equipas mas o Sporting teve mais oportunidades flagrantes, o golo (bem) anulado é falta de Eder sobre Schaars sem margem para dúvidas, nem sei como ainda se fala disso tão claro que foi o lance e bem mostrado na TV.

SL