terça-feira, 27 de março de 2012

Torsiglieri ainda Leão



Durante o mercado de inverno circularam vários rumores que davam conta da rescisão de Marco Torsiglieri com o Sporting, mas segundo a notícia de hoje do MaisFutebol parece que não passou disso mesmo, um rumor. O gigante arentino, está apenas emprestado por uma época ao Metallist, o que veio descansar alguns adeptos, aos quais tinha caído mal esse rumor, naõ só por acreditarem no potencial deste jogador, mas também por não gostarem da ideia de o ver sair sem a devida contrapartida financeira para o clube.
Pessoalmente enquadro-me nesses adeptos, pois vejo neste jogador qualidade para integrar o plantel num futuro próximo, que se não foi mais feliz na sua época de estreia em Portugal, muito se deveu à conjuntura adversa que envolvia a equipa na época passada.
Depois desta experiência na Ucrânia, e de um período mais tranquilo de adaptação à realidade europeia, não estarão reunidas as condições para vermos Torsi de leão ao peito e a bom nível na próxima temporada? Qual é a vossa opinião?

Declarações de Torsiglieri à agência Lusa:
«O Sporting é uma equipa nova, com muitos jogadores novos, e precisa de um tempo de transição, o que é normal. Penso que isso nos faltou no ano passado, não havia esse tempo, mas conseguimos a terceira posição. Agora, no campeonato, o Sporting não está tão bem, está um bocado pressionado, e isso pode jogar a nosso favor. É importante para o Metalist aproveitar isso»

«Favorito não há, no futebol atual, tirando o Barcelona e o Real Madrid, as equipas são todas iguais e dentro de campo são 11 jogadores contra 11. Creio que o Sporting mantém um estilo de jogo parecido, perigoso, com muitos jogadores que desequilibram, por isso, espero um jogo aberto, na primeira e na segunda mão, e nós vamos com muita fé de que conseguiremos um bom resultado»

«O objetivo na Liga Europa é chegar o mais longe possível. Já entrámos na história do clube ao estarmos pela primeira vez nos quartos de final e passar ia ser muito bom. A nível interno, queremos qualificar-nos para a Liga dos Campeões, o que também seria histórico»

«Tenho ótimas recordações do Sporting, que foi o clube que me deu a oportunidade de jogar na Europa e, por isso, vou estar sempre muito agradecido, e agora voltar ao Estádio de Alvalade vai ser muito bom, porque tenho recordações muito bonitas»

«A minha saída do Sporting não ocorreu por minha decisão, mas por decisão da nova direção. Eu queria continuar no Sporting, mas não quiseram e surgiu a oportunidade do Metalist, a quem estou agradecido, e acho que tenho provado que posso jogar ao alto nível do futebol europeu»
CR

2 comentários:

Leo disse...

Eu pessoalmente considero este jogador importante e que nos poderá dar jeito no futuro. E em vez de se gastar milhões noutros centrais, ficamos com Xandão e o Torsi.
E neste critério considero também Jaime Valdés, que é uma ótima opção para estar no plantel, porque não vale a pena, com 30 anos, o chileno estar emprestado.

CR4 disse...

Sim, o Valdés já tinha dado jeito esta época, e para o ano certamente também pode ser útil, principalmente sabendo que não vai haver dinheiro para grandes investimentos.