sábado, 19 de novembro de 2011

Alerta vermelho


    O futebol de clubes está de regresso, e com ele o nosso Sporting, que terá testes de maior dificuldade até agora. Aos nossos ouvidos soa agora um alerta vermelho: enfrentamos SCBraga e SLBenfica. O que pode ser um ponto de confirmação da qualidade deste novo Sporting, pode contrariamente ser um ponto negro de uma época. Mas não sejamos pessimistas, e acreditemos na nossa conjuntura.
    A primeira adversidade deste alerta vermelho, é o Braga. Neste duelo está em jogo um título que nos tem escapado e, por isso, é mais importante que o jogo seguinte. Quanto ao nosso adversário, todos sabemos o que vale, e tivemos a demonstração disso no jogo Braga-Benfica. A qualidade dos gverreiros começa logo na baliza, onde têm Quim, o guardião menos batido da liga. Na defesa têm dois jogadores revelação no campeonato, Paulo Vinicíus e Ewerthon. Mas é no meio campo de contenção, liderado por Hugo Viana, que os bracarenses  têm a sua maior arma. Djamal dá o músculo e o pulmão necessário e Hugo Viana é quem constrói o jogo a partir dali. Elias e Matías terão aqui um desafio difícil. Na ponta atacante temos o sempre perigoso Lima, ladeado pelos criativos Alan e Hélder Barbosa. Insúa e João Pereira não terão mãos a medir!
Uma vitória neste jogo ditará a permanência numa competição que nos é querida; uma derrota será a perca de um dos objectivos da temporada.
    Depois teremos o derby do povo! Um Benfica - Sporting para aquecer o Sábado, e aí teremos o verdadeiro teste ás nossas capacidades, e nada melhor que um desafio com o velho rival. Todos sabemos a qualidade deste Benfica... Este ano têm um bom guarda redes, embora eu próprio já lhe tenha identificado uma lacuna (hão-de reparar): ás bolas de média/longa distância, ele 80% das vezes não agarra a bola. Por isso o nosso Ricky deverá estar atento a este pormenor de Artur. Na defesa Luisão e Garay são muralhas quase intransponíveis (se chamam o Oguchi de lento, olhem para estes dois quando são apanhados em contra pé...), mas a ala de Emerson é um "buraco" a ser explorado por Diego Capel ou Carrillo. No meio campo há que ter cuidado com Javi que pode engrossar os pacientes da nossa ala médica.
De seguida vem o duo de maior perigo deles: Aimar e Gaitán. O primeiro é a caixa mágica, o outro é quem executa as jogadas de maior perigo. Ambos os dois são bons a servir Cardozo/Rodrigo. É preciso ter cuidados também com Nolito ou Bruno César.
    Concluindo, vamos ter dois jogos difíceis que irão por á prova as verdadeiras capacidades da team de Domingos Paciência. O alerta está dado.

3 comentários:

edite estrela disse...

adem????

Leo disse...

Erro corrigido. Obrigado pelo reparo

;)

Anónimo disse...

o problema vai ser mesmo a nossa defesa, os lamps na zona do meio campo e ataque vao ter pela frente uma defesa esburacada, com jogadores impossibilitados de dar o seu melhor ( mas aqui a culpa é de quem os quis contratar ), começo a pensar q alem de rinaudo estar de fora e isso implicar mudança na estrutura da equipa de modo a nao jogar o q nos habituou ( e isso viu se contra o leiria e vaslui ) agora temos de levar em cima com esta defesa remendada q ainda vai acabar por sofrer alguns golos nos lamps....esse o meu receio!