sexta-feira, 15 de abril de 2011

Domingos? Paciência...



Após mais uma página acrescentada à história por Domingos Paciência, e numa altura em que toda a comunicação social o dá como certo no nosso Sporting para a próxima época, decidi partilhar com os leitores deste espaço a minha opinião sobre este técnico.

Começar por dizer que não seria a minha 1ª escolha caso fosse eu a mandar nos destinos do clube, e ainda menos depois de saber que, ainda, podemos alcançar nomes como Frank Rijkaard e Van Basten.
Logo aí há quem diga que Van Basten que falhou no Ajax, e mesmo colocando a selecção holandesa a praticar um futebol de altíssimo nível, não conquistou qualquer título, e que Rijkaard o que conquistou foi porque tinha às suas ordens um super Barcelona. Por outro lado dizem que Domingos tem uma carreira em ascenção desde o início, e faz mais do que sentido chegar agora a um grande.
Não discordo em nenhuma das afirmações, mas acrescento que tanto Van Basten como Rijkaard marcaram um ponto de viragem, na selecção Holandesa e no Barcelona, respectivamente. É certo que tinham às suas ordens alguns dos melhores do mundo, mas isso também os seus antecessores tinham tido, e já muitas vezes ficou demonstrado, que no futebol ter os jogadores mais "galácticos" não é sinónimo de jogar melhor e vencer sempre.
Em relação ao argumento da carreira ascendente, lembro-me também agora de repente de outro nome com uma carreira ascendente, Paulo Sérgio, diz-vos alguma coisa?

Á parte disso há ainda outras duas qualidades a reconhecer a Van Basten e Rijkaard, ambos vieram da escola do Ajax que é, a par da nossa, reconhecida em todo o mundo do futebol. Muitos têm dito que o Sporting deveria seguir um modelo (camadas jovens + equipa B + equipa principal) idêntico ao do Barcelona, que tem sido pródigo no aproveitamento das suas camadas jovens nos últimos anos. Se há homens capazes de implementar fielmente o modelo de Cruyff, com sucesso no Sporting, penso que esses homens seriam Van Basten e Rijkaard.
Depois há ainda o prestígio de que estes dois senhores gozam no mundo do futebol, não é certamente igual para um jornalista, português ou estrangeiro, dirigir-se a Domingos ou a Frank Rijkaard, como não será certamente igual para um jogador que nos interesse, quando perguntar quem é o treinador do Sporting, responder que é Domingos ou Marc Van Basten.
Na minha opinião serão estes os únicos handicaps de Domingos face aos outros dois.

Agora estas duas desvantagens não são incontornáveis, e pelo trabalho que tem feito no Braga, Domingos parece ter qualidades para restruturar o futebol do Sporting, desde a raiz até às pontas, desde que tenha o devido apoio da direcção para o fazer. Aqui funciona uma vez mais o prestígio e respeito de que o técnico goza, para ser escutada a sua opinião e serem cumpridas as suas vontades. Digo isto no sentido de que, se Mourinho viesse para o Sporting, provavelmente nem precisaríamos de presidente, pois todos escutariam o que este dissesse e cumpririam as suas ordens sem questionar. O que muitas vezes me deu impressão na postura de Carvalhal, e Paulo Sérgio, e até mesmo Paulo Bento em algumas fases, é que não pareciam seguros de merecerem estar naquele lugar, e com isso não conseguiam pressionar a direcção para fazer valer a sua vontade. Para dar só um exemplo, um treinador de prestígio nunca admitiria depois de ter andado um ano inteiro a pedir um avançado, ainda lhe venderem o melhor da equipa e não colmatarem essa saída.

Só há uma maneira de Domingos, que embora tenha sido um excelente jogador não foi uma estrela a nível mundial como Rijkaard e Van Basten, alcançar esse prestígio - ganhando títulos. Depois do excelente campeonato da época passada, Domingos tem feito um trabalho notável com o Braga na europa, atropelando alguns emblemas históricos no seu percurso, começou com o Celtic, passou pelo Sevilha, humilhou o Arsenal, eliminou o Liverpool, e ainda um Dinamo de Kiev, que é tudo menos uma equipa banal. Apesar de históricas, estas vitórias por si só, acabarão mais ou menos esquecidas no tempo, ou classificadas como "jogos de sorte", se esta campanha não terminar na final da Liga Europa. Neste momento segue-se o eterno rival de todos os Sportinguistas, e penso que vencendo esta eliminatória Domingos terá tudo para entrar em Alvalade com o pé direito. Este será o primeiro jogo em que Domingos contará, se não for com a totalidade, com o apoio da maioria dos adeptos sportinguistas, pois o alcançar de uma final europeia com uma equipa como o Braga, independentemente do que possa depois acontecer na final, pois tanto o Porto como o Villareal serão adversários temíveis, irá conferir a Domingos o certificado de qualidade como técnico que alguns teimam em não lhe atribuir.

Quando se fala em Domingos há ainda outro argumento que se costuma usar para dizer que não terá sucesso no Sporting, que se prende com o estilo de jogo demasiado defensivo que este utiliza em Braga. Concordo que num campeonato como o português onde as equipas de menor nomeada, estacionam os "autocarros" à frente da baliza, quando defrontam os grandes, esse não será um estilo a adoptar. Por outro lado, também é verdade que mais do que as dificuldades na finalização, o nosso problema esta temporada foi muitas vezes defensivo, sofrendo golos nos últimos minutos de partidas que tínhamos, ou devíamos ter, controladas. Ontem no jogo do Braga, vi uma equipa sólida a defender, segura de si, mas a saber sofrer para passar a elminatória. Tivéssemos nós tido Domingos no banco com o seu estilo defensivo, e não teríamos sido eliminados de maneira vergonhosa pelo Rangers. Sempre defendi que uma equipa deve ser construída de trás para a frente para ser bem sucedida, e espero que Domingos possa trazer ao Sporting uma solidez defensiva há muito perdida, e acabar de uma vez por todas com o martírio dos golos sofridos de bola parada das últimas épocas.

Para terminar, parece-me que Domingos é um claro upgrade face ao que temos tido ultimamente, e pelo trabalho que tem feito em Braga, parece-me também justa a sua chegada ao nosso Sporting. Tivéssemos nós uma estrutura directiva ao nível dos nosso rivais, e não teria dúvidas de que Domingos teria o maior dos sucessos no Sporting, agora com o que temos...é esperar para ver, e cá estarei para lhe dar o meu apoio desde o primeiro dia.

CR

4 comentários:

Anónimo disse...

Espero que GL reveja bem o que tem em mãos. Analise vários treinadores e escolha o melhor!

Anónimo disse...

Nós só queremos DOMINGOS LEÃO,DOMINGOS LEÃO
Nós só queremos DOMINGOS CAMPEÃO,DOMINGOS CAMPEÃO

Anónimo disse...

cruzes! espero+e que o GL não analise nada e deixe isso nas mãos de quem perceba minimamente o que está a fazer

Leo disse...

O tempo tudo dirá...