DE VOLTA AOS GRANDES PALCOS!

Regresso á Liga dos Campeões

DE VOLTA AOS GRANDES PALCOS! DE VOLTA AOS GRANDES PALCOS!

O SPORTING NA ALMA ESTÁ NO FACEBOOK!

Ponha GOSTO na nossa página...

O SPORTING NA ALMA ESTÁ NO FACEBOOK! O SPORTING NA ALMA ESTÁ NO FACEBOOK!

VEJA OS JOGOS DO NOSSO SPORTING

Transmissões online aqui!

VEJA OS JOGOS DO NOSSO SPORTING VEJA OS JOGOS DO NOSSO SPORTING

terça-feira, 2 de Abril de 2013

Wolfswinkel diz presente 3 vezes


Um dos melhores da liga na presente época. O duelo entre Sporting de Braga e Sporting terminou com a nossa vitória por 2-3. Nos começámos melhor. André Martins e sobretudo Cédric iam aparecendo com espaço do lado direito, para cruzar com perigo, e foi precisamente a um centro de André Martins que Wolfswinkel respondeu com um golo, de cabeça. Logo aos oito minutos. Os minhotos não desanimaram e a meio da primeira parte Elderson combinou com Carlão e o nigeriano apontou um grande golo, de fora da área.
O ritmo não diminuía: ainda antes da meia hora, boa assistência de Capel e Wolfswinkel bisou num remate forte, sem hipóteses para Quim. Não durou muito esta vantagem, já que pouco depois Baiano colocou a bola na cabeça de Carlão e o brasileiro igualou o resultado. Um empate (2-2) que traduzia o equilíbrio em Braga, com jogo aberto, uma primeira parte agradável, com um Sporting coeso, a atacar muito, mas um Sp. Braga também competente.
O interesse não diminuiu após o descanso. Desta vez foi a turma local a começar mais forte, originando diversos sustos junto de Rui Patrício, mas foi Wolfswinkel a atirar com estrondo à barra - tudo isto nos primeiros cinco minutos. No entanto, o equilíbrio que predominou antes do intervalo não se verificou na segunda parte, com o Sp. Braga a atacar mais e a ser superior.
Uma superioridade que se traduziu também no número de jogadores em campo a partir dos 69 minutos, quando Joãozinho viu o cartão amarelo pela segunda vez devido a uma "simulação". Mesmo a jogar contra dez elementos, o Sp. Braga - que continuava a ter a bola durante mais tempo, a tentar mais vezes o golo - não conseguiu marcar, apesar de ter criado várias oportunidades para tal. O nosso Sporting também ia chegando à área contrária e acabou mesmo pôr fim no encontro. Para não variar, por Van Wolfswinkel, que voltou a marcar de cabeça mesmo na última jogada do encontro, após cruzamento de Cédric, novamente pelo corredor direito.
Jesualdo Ferreira mostrou porque deve continuar a ser na próxima época o treinador do nosso Sporting. Rui Patrício não esteve nos seus dias, nos 2 golos do Braga fica a ideia que podia ter feito melhor. Ilori ainda precisa de ganhar maturidade e experiência, é concentrado mas a ratice do Carlão deixou-o por algumas situações em maus lençois. Rojo continuo a achar um central interessante e que tem margem para evoluir, mas após a expulsão de Joãozinho (exibição fraca, nunca será mais que um suplente competente) deu muito mais consistência ao corredor esquerdo da defesa. Cédric esteve razoável, valeu a determinação e o bom envolvimento ofensivo. Rinaudo esteve razoável, mas com as limitações habituais, arrisca demasiado passes à queima para os colegas e por vezes perde a noção de onde se deve posicionar, mas tem garra e atitude e isso é necessário a meu ver nesta tenra equipa. André Martins e Adrien estiveram bem, boa circulação de bola e o 1º soube pautar muito bem o jogo ofensivo. Já Wolfswinkel fez provavelmente o melhor jogo desde  que cá está.