segunda-feira, 4 de abril de 2011

Providência Cautelar, boa ou má?


Sou um apoiante confesso de Bruno de Carvalho (BdC), apoio esse que se fortaleceu ainda mais depois das vergonhosas eleições, e depois de ver que as promessas duvidosas de Godinho Lopes, continuam iguais à nascença - duvidosas...ok, ainda só passou uma semana, mas quando já se tinham 8 jogadores pré-acordados, numa semana dava para fazer muita coisa...mas a primeira coisa a fazer, foi dizer que provavelmente não vinham todos...enfim.

Á parte disso, temo que a estratégia do Bruno para, e segundo ele, defender os direitos do Sporting, não tenha os resultados que a maioria de nós, Sportinguistas, pretende.

Na entrevista que deu ao jornal A Bola, BdC responde o seguinte:

- Com esta providência o clube pára...
- Não, o clube não pára absolutamente nada. Uma das grandes preocupações das pessoas é saber se esta providência vai impedir de preparar a próxima época. A providência é sobre o Sporting Clube de Portugal, foi aí que fomos a eleições, e não sobre a SAD. Portanto, a SAD não pára. O que acontece é que, sendo providência diferida, voltam a tomar conta do Sporting as pessoas que já lá estavam.

Bem, se o clube não pára na preparação da próxima época porque a SAD continua a actuar a seu belo prazer, então aqui é que fico deveras preocupado. Ao contrário do que seria possível com o fundo de BdC, com os jogadores prometidos pela actual direcção parece-me que, independentemente do retorno desportivo que poderão ter no imediato, em termos financeiros serão mais os encargos do que as mais valias. Resumindo, voltamos novamente aos erros cometidos ao longo dos últimos anos, e que deram origem ao passivo monstruoso a que estamos agarrados. Ora vejamos:

Oscar Wendt (25 anos) - custo 0
Alex Silva (26 anos) - custo 0
Garay (24 anos) - empréstimo
Rodriguez (27 anos) - custo 0
Zahavi (23 anos) - 1M
Hugo Almeida (26 anos) - mínimo 3M
Bobô (26 anos) - custo 0
Jô (24 anos) - empréstimo

Á primeira vista, não vamos gastar dinheiro com a transferência destes jogadores, pois a maioria chega a custo zero ou por empréstimo, no entanto são jogadores com mais clubes interessados, pelo que haverá sempre lugar ao pagamento de um prémio de assinatura.
No entanto olhando novamente a lista, destes jogadores apenas 3 deles se encontram abaixo dos 25 anos, portanto passíveis de gerar rendimento futuro, pois, e isto seguindo a lógica do fundo apresentado por BdC, todos os jogadores adquiridos devem ficar pelo menos dois anos no plantel, por forma a tirar deles algum rendimento desportivo, antes do rendimento financeiro.
Portanto os restantes passado dois anos estariam na casa dos 28/29 anos, pelo que difcilmente algum clube estaria disposto a investir significativamente para os levar.

Olhando para os 3 abaixo dos 25, Garay só poderá chegar por empréstimo (e mesmo assim duvido) e Jô igualmente. Sobra então o israelita Zahavi com cláusula de rescisão de 1M, e este sim, só muito dificilmente não obteremos retorno desportivo e financeiro.

Há ainda Óscar Wendt, que chega para uma posição onde estamos muito carenciados - o Evaldo consegue desiludir-me a cada jogo que passa - mas como disse num post anterior não sou grande conhecedor deste jogador para poder avaliar, se teremos o respectivo retorno ou não.

Agora analisando os mais velhos, parecem-me jogadores que seriam claramente titulares neste Sporting, o que não faz deles necessariamente excelente jogadores.
Com Alex Silva e Rodriguez, contratamos uma boa dupla de centrais a custo zero, o que é sempre de louvar, sendo que o Rodriguez tem ainda a vantagem de estar perfeitamente adaptado ao nosso campeonato. No entanto se também viesse o Garay, veria como difícil a continuidade do Carriço como capitão, pois com esta concorrência o mais provável era que fosse relegado para o banco de suplentes, com todas as consequências que isso pudesse acarretar. A sua venda seria a saída mais simples, mas será que não nos iríamos arrepender daqui a uns anos, por desperdiçar mais um produto da formação?

No ataque temos o Bobô que, vindo a custo 0, não será de deitar fora. É um claro upgrade face ao que temos neste momento (o que também não é difícil), em termos de finalização, pois faz golos com alguma regularidade, no entanto não me parece que seja o Bobô a referência na frente que o Sporting neste momento precisa para fazer esquecer o Liedson.
Aqui o maior erro é mesma a hipótese do Hugo Almeida, que só sairá se o Sporting abrir os cordões à bolsa, pois tendo chegado o ano passado à Turquia por 2M dificilmente sairá por essa verba. Agora, será que faz sentido investir num avançado de 26 anos, que é suplente do Postiga na selecção?

Toda esta análise, embora à primeira vista transmita algum ânimo, quando comparamos as aquisições com o plantel desta época, deixa por outro lado no ar algumas questões pertinentes:

Afinal onde vai Godinho Lopes gastar os 40 milhões que disse que ía investir na equipa de futebol, já que os jogadores apontados até agora vêm a custo 0 ou por empréstimo?

E como pretende ele abater o passivo, quando dos 8 jogadores que diz que vai trazer, apenas um tem, à partida, garantias de gerar mais valias financeiras?

Caso BdC tenha sucesso na sua demanda, o que vai depois ele fazer com a equipa (treinador + jogadores) montada por esta direcção?

Terá o plantel 2011/2012 condições para trabalhar com este plano de fundo?

Estas dúvidas são legítimas de qualquer Sportinguista, e por isso muitos dizem que Bruno de Carvalo deveria desistir desta via, e colaborar com Godinho Lopes para fazer um Sporting melhor - nada mais errado!
Apoio totalmente BdC nesta providência cautelar/impugnação das eleições, pois dele não esperaria outra coisa, tal como centenas ou milhares de sportinguistas esperam. É claro que temo as consequências que possa ter no clube outra época semelhante a esta. Sei que é absolutamente urgente ganhar, e que começa a tornar-se completamente insuportável a pressão sobre a equipa de futebol, e que o Sporting está a tornar-se um autêntico cemitério de jogadores e treinadores.
Mas o que diriam se BdC, face à ridícula eleição de Godinho Lopes, se conformasse, cruzando os braços e virando a cara à luta? Não seria colocado no mesmo saco onde colocaram agora Dias Ferreira e Abrantes Mendes?

E é com esta questão que termino a crónica, que já vai longa, pedindo também desculpa aos leitores pela divagação ao longo da mesma. No fundo esta crónica acaba por ser um espelho da absoluta confusão e desconfiança que prevalece na minha mente, e pelo que tenho lido e ouvido também dos Sportinguistas em geral, face ao futuro que se avizinha.

CR

5 comentários:

Leão de Stª Engrácia disse...

Má não, Péssima !

Anónimo disse...

Boa!

J disse...

VIVA O NOSSO PRESIDENTE BRUNO DE CARVALHO.BOM TEXTO VIVA O SPORTING

Anónimo disse...

vejam o Bruno...

http://www.youtube.com/watch?v=VKN8_BfOOig&feature=player_embedded

Skuambito disse...

Uma Pergunta. Secalhar ja debateram mas até agora nao vi nada sobre isso... Sera que estes mesmos jogadores vao querer vir para o Sporting se na proxima época nao formos a nenhuma competicao europeia? Sera que vao conseguir convencer estes mesmo jogadores a preparar uma equipa para o futuro? Ao que me parece podem surgir interesses de equipas que tem garantido um acesso as competicoes europeias ja no proximo ano. Nao?