domingo, 6 de março de 2011

Debate visto por mim...

Na noite de ontem, realizou-se na Sic Noticías um debate com todos os 6 candidatos á presidência do Sporting. O ambiente de cordialidade e civismo, que começou à chegada de cada um dos seis candidatos à presidência do Sporting à SIC Notícias, marcou o debate televisivo que, durante duas horas, procurou dissipar as dúvidas de nós sportinguistas mas em que acabaram por ser, para já, poucas as revelações, e menos ainda os trunfos lançados para a mesa. Poucos ou nenhuns nomes foram revelados.


Pedro Baltazar - Apesar de não ter estado muito á vontade, revela um projecto sério e estar dentro da situação financeira do clube. Pretende apostar forte na formação na Academia e no ecletismo. O seu treinador é Zico e, como disse, será um presidente remunerado em vitorias. Apenas não gostei quando pôs em causa a continuidade do futsal.


Bruno de Carvalho - Na minha opinião foi o que esteve melhor neste debate e deve ter ganho alguns votos. Sereno, criticou subtilmente Godinho Lopes em relação á sua ligação com o Sporting e ao ter falhado a contratação do treinador Martin O´Neill. Avançará com o projecto do pavilhão e afirma que tem ao seu dispor um fundo de 50 milhões de euros para investir exclusivamente no futebol e para criar activos. Defende que o Sporting deve estar representado junto da FPF e ser firme para com os erros de arbitragem que temos assistido.
Em relação ao futebol propriamente dito, revela que tem 2 treinadores "conversados" e pretende para a próxima época reforçar a equipa com a competitividade de 8/9 jogadores.


Zeferino Boal - Para mim, o pior candidato. Parece que está ali apenas para criticar os restantes candidatos especialmente Godinho Lopes, Baltazar e Dias Ferreira. Mostrou problemas, mas não deu soluções. Quando confrontado com a possibilidade de Manuel José ser o seu treinador decidiu não revelar.


Godinho Lopes - O mais atacado da noite. Entretido no seu iPad, Godinho foi atacado sem ripostar, dizendo apenas no fim que as acusações que lhe foram feitas eram falsas. Revela conhecimento da situação financeira do clube. Diz que o pavilhão será feito no seu mandato e tem toda a confiança nos seus dirigentes, Carlos Freitas e Luís Duque. Não revelou nenhum treinador.


Abrantes Mendes - Abrantes Mendes provém duma família ilustre sportinguista, mas não fez qualquer esclarecimento sobre como irá resolver os problemas. Sem dúvida que deve haver coração, mas tem que haver também projectos concretos e propostas específicas. Só palavras bonitas não bastam. Revela que gostava de voltar a ter o râguebi, o ténis e até de ter golfe.


Dias Ferreira - Foi com ele que o debate aqueceu um pouco. Foi interrompendo Baltazar e questionando Boal e Godinho Lopes. Defende que a melhor maneira de ultrapassar a situação financeira do clube é através do sucesso desportivo. Não será remunerado e criticou Zico como escolha de Baltazar dizendo o pouco sucesso que treinadores brasileiros têm na Europa. O seu mister será Rijkaard e revela ser fundamental o regresso do basquetebol e voleibol. 

1 comentário:

Miguel disse...

Bruno de Carvalho esteve bastante bem no debate, sendo o mais esclarecido de todos.

Isto vai ser entre Dias Ferreira, Godinho Lopes e Bruno de Carvalho.O meu voto iria para Bruno de Carvalho.

Abraços