sexta-feira, 4 de março de 2011

Começaram as eleições!


A confirmação de Frank Rijkaard, em entrevista à Agência Lusa, do pré-acordo anunciado por Dias Ferreira promete agitar as já de si agitadas eleições no Sporting.

Até ao dia de hoje o meu candidato era claramente Bruno de Carvalho, não porque tenha algo especialmente contra o Dias Ferreira, mas porque vejo em BdC a possibilidade de ruptura completa com o passado recente, baseada num projecto desportivo bem estrurado (pelo menos no papel).

No caso do Dias Ferreira, essa ruptura que considero fundamental parecia-me mais duvidosa, uma vez que este tem estado directa ou indirectamente ligado às direcções dos últimos anos, não sendo de admirar que fosse buscar alguns amigos com responsabilidades na situação em que nos encontramos, que foi fazendo ao longo deste tempo.
No entanto os nomes até agora apresentados por DF demonstram o contrário, demonstram que tem ambição de tornar o Sporting novamente grande e para isso está a reunir à sua volta pessoas COMPETENTES para os principais cargos da estrutura do futebol. Por competentes entende-se pessoas com provas dadas ao longo da carreira, e não se são mais ou menos sportinguistas, e foi um erro ter apresentado o Futre como um sportinguista.

Não tenho memória curta e não deixa de ser verdade que o Futre foi um filho da **** ao assinar pelo benfica depois de ter afirmado que ía voltar ao Sporting, mas basta ver o percurso do Atlético de Madrid desde que ele assumiu funções de dirigente para se perceber a sua competência para o cargo. Sportinguistas como o Costinha sem qualquer experiência no cargo eu para já dispenso, quero sim alguém que mostre TRABALHO e faça do Sporting novamente CAMPEÃO.
Facilmente se percebe que o pré-acordo com o Rijkaard foi obra do Futre, o que só revela que com ele à frente do futebol podemos chegar a nomes que, com o Augusto Inácio por exemplo, dificilmente chegaremos.

Em relação ao Dias Ferreira, ele pode ser muita coisa, mas há pelo menos uma qualidade que lhe reconheço, e que tem sido inexistente nos últimos presidentes, defende o Sporting com unhas e dentes, e não tem papas na língua para o fazer. Para ser presidente acho que pouco mais será necessário do que isso, deixando os assuntos do futebol e das modalidades para quem percebe realmente da poda.
Agora só estes nomes não servem, será essencialmente necessário apresentar o seu projecto, podendo aqui eventualmente recorrer ao apresentado por José Eduardo, que o colocou à disposição da futura direcção se esta assim o entender. E mais importante ainda, garantir condições financeiras para levar a cabo o seu projecto, que por muito ambicioso que seja sem dinheiro não haverá ambição que o valha.
Outra coisa que me preocupa em relação a DF é se este estaria disposto a realizar a já muito badalada auditoria às contas do clube, e que Bruno de Carvalho já afirmou pretender fazer.

Voltanto a Bruno de Carvalho, a auditoria é efectivamente a medida que mais me agrada, no entanto, agora e mais que nunca terá de conseguir um nome sonante para treinador, e esse é dos principais pontos, onde julgo que a candidatura de BdC pode falhar.

No entanto acredito que tanto Bruno de Carvalho como Dias Ferreira poderão ser candidatos de peso na luta contra Godinho Lopes, que não pode de maneira nenhuma vencer estas eleições sob-pena de tudo continuar igual ou pior do que já está.

Em relação aos outros candidatos, falarei sobre eles mais tarde, logo que apresentem algo de mais concreto e comecem a divulgar os seus nomes. Não acredito que todos cheguem até ao fim das eleições, podendo eventualmente haver lugar a uma "fusão" entre duas ou mais listas.

Aguardam-se os próximos capítulos, mas espero que o anúncio de Rijkaard eleve a fasquia e as outras listas apresentem igualmente nomes de peso.

CR

5 comentários:

Anónimo disse...

Talvez o Dias Ferreira é o mais perto que nós temos de um Pinto da Costa... Se fizesse o mesmo que ele estava eu descansado.

Contudo penso que ele está a usar trunfos muito fortes, mas ainda não fez acreditar que é um candidato de ruptura e é isso uma das coisas fundamentais.

Bruno de Carvalho tem o trunfo de ter a coragem para afirmar que fará auditoria, e isso é fundamental. A brincadeira dos últimos anos não pode passar ao lado.

Estas duas candidaturas farão frente à do Godinho Lopes mas não será que vão dividir votos?

Esperemos para ver...

Anónimo disse...

O meu medo é que os Do regime votem todos no Godinho, e os "outros" se dispersem por todas as outras!

GT

Anónimo disse...

uma boa fusão, era dias Ferreira com bruno de carvalho, ai sim!!!

Miguel disse...

Dias Ferreira, Godinho Lopes e Bruno Carvalho são os grandes candidatos

Confronto directo 4 a decorrer
#Votem: Quem é melhor? Ozil ou Pastore?

http://imperiofutebolistico.blogspot.com/2011/03/confronto-directo-4-javier-pastore-ou.html

Abraços

Márcio Silva disse...

Finalmente vai surgir um verdadeiro candidato ao Sporting Clube de Portugal.
A alternativa que tanto se aclamava pelo universo Sportinguista, poderá estar, sem duvida, neste candidato.
Vejam e deliciem-se:

http://www.youtube.com/watch?v=bHg98-vXTb4