domingo, 28 de novembro de 2010

"Futsal" Sporting 5-3 El Pozo - Sporting na Final Four da Uefa Futsal Cup


Era preciso um jogo quase perfeito para vencer o campeão espanhol e o Sporting mostrou a sua força. A equipa contou com o apoio inequívoco de centenas de adeptos sportinguistas que encheram o Multiusos de Odivelas e realizou uma exibição irrepreensível, principalmente em termos de segurança defensiva. A equipa de Orlando Duarte bem mereceu esta grande vitória que coloca o Sporting entre as quatro melhores equipas da Europa.

O jogo não começou bem para o Sporting, com Saul a adiantar os espanhóis , deixando a tarefa ainda mais difícil para os «leões». Orlando Duarte rodou cedo a equipa, tentando refrear o ímpeto do El Pozo, e o Sporting começou a soltar-se e a criar oportunidades, dispondo de duas grandes ocasiões para marcar por Alex e Marcelinho, sempre com Rafa a negar o golo aos «leões».
Depois, apareceu Deo no jogo, e o "pequeno" grande jogador fez dois golos que levaram o Sporting em vantagem para o intervalo. Primeiro através de um livre estudado, marcado por Divanei, com o ala brasileiro encostar ao segundo poste para o empate. Depois, a poucos segundos do apito para o descanso, Deo puxou dos galões e na sequência de uma jogada magistral bisou para os «leões». No segundo tempo, o El Pozo entrou a pressionar alto e restabeleceu o empate através do veterano Alvaro, o Sporting passou de novo para a frente do marcador, com um auto-golo de Vinicius (estorvado por Deo), De Bail igualou no minuto seguinte, e Alex fez o 3-4, num jogo impróprio para cardíacos. A perder, os espanhóis tornaram-se mais agressivos, tentando enervar o conjunto orientado por Orlando Duarte, mas o Sporting não perdeu o discernimento nem a coesão. A quatro minutos do fim, Duda meteu o guarda-redes avançado (Maurício), mas Vinicius foi expulso e, com mais uma unidade, foi Alex a sentenciar a partida, garantindo um acesso inteiramente merecido dos «leões» à final-four da UEFA Futsal Cup.

1 comentário:

Anónimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.